Bem-vindo ao mundo smart, que já se apresenta sem limites de ofertas para fazer a felicidade dos consumidores que anseiam por convergência. São tevês, telefones, geladeiras, óculos e uma série de outros produtos que estão sendo lançados enquanto você lê este texto.

Mas, qual é a proposta do produto smart?

Será que é reduzir o tempo entre o desejo e a ação ou será que é transformar este mesmo desejo em necessidade e assim fazer com que o público smart não seja assim tão esperto e se deixe envolver pelo consumo em potencial?

Ao assistir uma novela, o espectador de hoje busca apenas entretenimento, mas ao assistir a novela e desejar um objeto que compõe o cenário dela… e ter a facilidade de clicar no controle remoto, comprar e satisfazer seu desejo, sem ao menos se mexer no sofá ou perder parte do programa, trata-se de uma grande quebra de paradigma.

A convergência digital é um fenômeno que oferece uma infinidade de soluções para agilizar a vida e proporcionar a alta conectividade, porém acelerar o consumo é sempre um risco.

Como as grandes empresas estão se preparando para o mundo smart?

Clique aqui e conheça a lista de cursos que a Microsoft lançou de graça sobre inteligência artificial.

Deixe seu comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *